Latch e a Internet das Coisas: Integração prática com Arduino (IV)

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

No post anterior, estudamos os detalhes técnicos da conexão entre o Arduino e o módulo de WiFi. Nesta edição, vamos ver como carregar o firmware necessário do módulo de WiFi para atender nossas necessidades.

Carregar o firmware do ESP8266

Para usar as bibliotecas espduino do Arduino e estabelecer a comunicação SLIP com o módulo ESP8266, é necessário substituir o firmware original do ESP8266 pelo que é fornecido como parte do espduino, chamado esp_bridge. Também Open Source sob a licença MIT, você pode encontrar o código fonte e documentação no espaço do GitHub.

Para carregar um novo firmware, o módulo de ESP8266 deve iniciar o modo de programação (Flash Mode). Para alcançar este objectivo deve corrigir GPIO-0 ao estado LOW durante a inicialização ou reinicio.

Descrição do pino do módulo de ESP-01

A conexão do módulo ESP8266 ao desktop para carregar o firmware se realiza por meio de um adaptador USB tipo FDTI, ou similar, que respeite a máxima tensão de 3.3 v (LVTTL).

Também é possível usar o próprio Arduino em modo USB-Serial modo bypass. Para conseguir isso deve impedir que o Atmega328p interfira. Podendo ser executado de três formas:
  • Extraindo-o da placa, se for possível.
  • Carregando-o como un sketch inocuo.
  • Colocando-o en estado de reset, levando a LOW sua entrada de RESET e conectando-a ao GND (recomendado).

Diferentes métodos de desativação do Atmega328p

Observe que os pinos 0 e 1 da placa Arduino que normalmente são RX e TX, respectivamente, agora estarão trocados, usando a conexão para o conversor USB-serial do Arduino bypass. Observe a conexão de cor amarela na imagem.


Conexão do Arduino UNO e módulo ESP-01 no modo de programação (Flash Mode)

Como parte do pacote de bibliotecas para espduino, podemos encontrar o firmware esp_bridge já compilado e pronto para ser carregado no módulo ESP8266. Esta dividido em dois arquivos: 0x00000.bin e 0x40000.bin, cujo nome indica o deslocamento (offset) do seu conteúdo no módulo de memória flash.

Para carregar o firmware há várias aplicações para seu computador, seja Windows, Mac OSX ou Linux, no site Eletrodragon lá é uma seção específica, onde você encontrará disponíveis para download.

Processo de carga do firmware com ESP FLASH DOWNLOAD TOOL V1.2
Depois de carregar o firmware esp_bridge, quando o módulo de ESP8266 está em funcionamento normal, a única maneira de se comunicar com ele será através das bibliotecas de espduino estabelece a conexão SLIP.

No seguinte post iremos estudar a API de Latch e finalmente como criar o sketch de Arduino.



Jorge Rivera
jorge.rivera@11paths.com

traduzido por Leandro Bennaton
leandro.bennaton@11paths.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário